segunda-feira, 25 de novembro de 2019

DIETA: Dia 42 - Semana 6 - Viver para comer ou comer para viver?

Antes tarde do que nunca, consegui realizar o post da DIETA e permanecer com a frequência.

A minha dieta se iniciou a partir deste post AQUI.

Atualizações semanais logo abaixo:


Seguem as três figuras de praste que demonstram o meu desempenho:

Figura 1 - atualização da semana.

Figura 2 - perda de peso semanal.

Figura 3 - prova real peso perdido na balança.   

BEM AMIGOS DA REDE EI, EU SAÍ DA CASA DOS 90KG!

É ISSO MESMO!!!

Feliz por ter ultrapassado essa marca, o foco agora é mante-la e continuar reduzindo. Espero não tem nenhum problema com retenção de líquidos para não "zuar" a minha tabela.

A coisa está linda. Comi bolo de festa, comi pão com nutella, comi danoninho. Antes que alguns pensem, eu não sou ECTOMORFO. Isso se chama DIETA FLEXÍVEL. Estou bastante contente com meus resultados.

Obviamente eu poderia estar melhor se estivesse seguindo a risca, mas eu também poderia ter quebrado a dieta e já desistido. O que importa hoje é:

Eu estabeleci uma meta e a estou cumprindo!

E olha que minha semana foi ruim de treinos de novo, acredito que poderia estar com o shape um pouquinho melhor se não fossem por essas duas últimas semanas.

VOCÊ VIVE PARA COMER OU COME PARA VIVER?

Para e reflita um pouco sobre essa frase. Sério, pare e pense por 10 segundos antes de atacar o docinho que está na sua geladeira. Simplesmente o encare e pense nas suas consequências.

Você realmente o deseja? Depois de comer qual será sua sensação? Estará Satisfeito? Sentirá vontade de comer ainda mais? O seu corpo irá aceitar isso numa boa? Há limite diário que comporte o docinho? Vale a pena comer toda hora esse docinho e nunca ser feliz com seu corpo?

Essas são apenas algumas perguntas que você poderia colar na sua geladeira e pensar toda vez que quiser comer uma guloseima. Não adianta fingir que não vai ler afinal você não tem que provar nada para ninguém.

Aliás, a única pessoa que irá realmente cobrar e te magoar será você próprio.

Você já deve ter percebido que eu tento falar aqui sobre compulsão alimentar e ansiedade. Eu sofro disso, estamos no mesmo barco.

É extremamente difícil controlar, mas quando você consegue, tudo que falei acima se concretiza. Eu me pego olhando para uma barra de chocolate no final do dia e penso:

"Cara, isso não vai me levar a lugar nenhum, eu comeria facilmente 10 barras de chocolate iguais a essa. Se eu comer apenas uma lasquinha será a faísca necessária para destruir toda a minha dispensa. Não há necessidade"

Hoje em dia utilizo alguns artifícios para enganar a fome também, seja com balas sem açúcares, gelatina zero, sorvete sem lactose (quando dá), suco zero de pózinho entre outros.

Para quem gosta de comer, sempre será uma batalha diária, pois você também gosta do seu corpo trincado. E não há nada de errado nisso.

Eu vejo pessoas obesas com mais destaque atualmente vendendo uma ideia que ninguém manda no seu corpo e você pode ser o que você quiser. Realmente, NINGUÉM TE IMPEDE DISSO. Só que tentam empurrar isso para todo mundo de forma como se querer emagrecer fosse errado, esse é o problema! 


VIVE PARA COMER:

• Pensa em comida a todo o momento;
• Seus programas com amigos, família e outros sempre lhe resultam em comer algo;
• Nunca está satisfeito com o que está comendo;
• Acaba gastando muito mais do que deveria

COME PARA VIVER:

• Passa dias comendo clean para manter o shape;
• Sabe que aquelas comidas estarão disponíveis a qualquer momento em sua vida;
• Pensa em programas como trilhas, cinema, teatro para realmente viver o momento;
• Quando sente vontade, come aquela gostosura sem peso na consciência devido a sua consistência.

Percebe como tudo parece mais fácil? Isso é apenas uma questão de MINDSET, você precisa muito começar a trabalhar ele. Acho que de tudo que escrevi, meu maior pensamento sempre é esse:

"Se eu posso comer isso na semana que vem que terei meu dia certo, pra que preciso comer isso agora? Vai me satisfazer somente neste momento e me deprimir logo depois!"

Tentem equilibrar a vida de vocês, guardem a comida gostosa para momentos gostosos. Aprenda a dividir seus momentos gostosos, pois toda a sua vida também ficará mais gostosa.

Repito, olha para a porcaria que vai comer e a encare nos detalhes refletindo este texto por 10 segundos, 1 minuto. Se realmente valer a pena

VÁ EM FRENTE E SE LAMBUZE SEM MEDO!

14 comentários:

  1. Muito bom o texto. Sempre que tentei fazer dieta e consegui foi muito satisfatório o resultado porque no meu caso pelo menos vem muito rápido, porém tenho desandado muito nos últimos meses e fico no efeito mola.

    A última dieta que fiz (há uns 6 meses) alcancei de 105 para 98kg hoje já estou com 105~106 de novo...

    Preciso mudar o midset como você disse, porque a mim sim incomoda meu corpo e roupas apertando (já que sempre penso: vou emagrecer, logo não vou ficar comprando roupa nova pra ficar larga no corpo depois rsrs)

    K.T.
    thekronostrader.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que os meus resultados te ajudam e incentivem de alguma forma. Vamos juntos

      Eliminar
  2. o meu equilíbrio faço assim:

    "Seus programas com amigos, família e outros sempre lhe resultam em comer algo;" - sim, historicamente o ato de comer é também de socialização, acho uma delícia dividir a mesa com quem gosto
    "Sabe que aquelas comidas estarão disponíveis a qualquer momento em sua vida;" - sim, como até me saciar, não até encher o estômago a ponto de não ter mais espaço
    "Pensa em programas como trilhas, cinema, teatro para realmente viver o momento;" - sim, e depois sempre como alguma coisa, porque dá fome, oras, hahaha.
    "Quando sente vontade, come aquela gostosura sem peso na consciência devido a sua consistência." - como justamente pelo que citei acima, não preciso acabar com toda a comida (ou a barra de chocolate) se o que eu queria era só sentir um ou dois quadradinhos na boca.

    esses são meus "sim", o resto não faço/não se adequa a mim.

    concordo pra caramba quando você fala sobre o mindset. aliado a isso acho também importante e gente prestar atenção no momento de comer. fazemos tudo tão no automático que a gente simplesmente mete a comida pra dentro porque tem que comer e é isso. precisamos ver de verdade o que estamos consumindo, saborear a comida, sentir os nutrientes. focar no nutrir em vez do satisfazer melhora muito a nossa relação com a comida.

    que bom que você está obtendo sucesso, o importante é buscar o seu equilíbrio, parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Ryca.

      O que eu quis dizer sobre programas que resultam em comida na minha opinião é só para nos fazer pensar um pouco mais antes de marcar algo.

      É incrível que qualquer programa envolva sempre comer fast food ou algo na rua. No momento em que a pessoa focada pensa nisso e começa a levar um shake na bolsa ou uma barra de proteína por exemplo, a pessoa poderá curtir com os amados sem que necessariamente fuja da dieta.

      Tem muitos dias que é difícil manter o controle e hoje está sendo um deles rs

      Eliminar
  3. Muito bom que continua firme e forte em sua dieta. Eu passei por uma estafa recente, tive que desacelerar, e com isso ganhei quase 1 kg de volta. Mas depois de perder 5 kg, já consegui algo notável, e estou voltando ao ritmo. Vou ler suas postagens anteriores para pegar dicas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Espero abrir pelo menos um posto seu chegando em seu objetivo não só financeiro, bem como saudável e de bem estar no geral

      Eliminar
  4. Vou add vc na minha blogroll. Gostaria de saber também como entrar no ranking.
    Valeu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opa, obrigado. Vou add também. Para entrar basta se inscrever na lista de suplência e preencher os requisitos. Eu vou fazer umas alterações neles mas pode fazer

      Eliminar
  5. Comparo o processo de emagrecimento ao de enriquecimento: a semelhança consiste no foco, consistência e paciência. Enquanto a diferença é que nos investimentos temos o tempo ao nosso favor ao passo que no emagrecimento o tempo é cruel conosco, bate a ansiedade e sabotamos a dieta.

    Eu tento manter o equilíbrio: como pra viver durante a semana e vivo pra comer (moderadamente) aos finais de semana. Tento seguir uma dieta low carb (reduzindo ao máximo açucar, farinha refinada, refrigerante, fast food, alcool) aliado ao jejum intermitente, aeróbico e musculação.

    Tenho tido bons resultados, poderia ser melhor eliminando a cerveja e churrasco aos finais de semana, pretendo fazer isso por uns 3 meses (no ano que vem) para compensar as festas de fim de ano kkk.

    Boa sorte em seus objetivos, abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vc não precisa eliminar a cerveja e o churrasco. Poderia apenas comer em quantidades controladas, que tal?

      Eliminar
  6. Excelente post!

    Seria legal fazer uma avaliação física, checando as dobras cutâneas ou bioimpedância, a cada 06 semanas, para verificar o percentual de gordura e se está perdendo também massa muscular.

    A relação com a comida fica muito melhor quando se adota técnicas de Mindfulness, que visam a focar no "aqui, agora". Ao comer um alimento, sinta o aroma, a textura, mastigue-o com calma, feche os olhos, deixe o celular de lado. O exemplo clássico é utilizar uma uva-passa para essa primeira experiência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prefiro por enquanto ficar somente no espelho mesmo. Massa magra está pouco com certeza.

      A minha maior luta agora é contra a minha mente e não o meu corpo. Acredito que se eu ficar 1 ano focado vivendo de forma "feliz e controlada" estarei apto a grandes avanços.

      Obrigado pelo incentivo e pela dica!

      Eliminar
  7. Parabéns pela entrada na casa dos 80!!!
    Refleti aqui, e percebi que estou vivendo para comer, que merda!!
    Por incrível que pareça, minha vontade de poupar para investir é o que me segura para não fazer mais merda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concurseira, continue refletindo e não desista. Uma hora você vai entender o que você realmente quer, e se for para emagrecer siga o caminho que não vai abrir mão da sua felicidade e hábitos sociais. Viva a dieta flexível!

      Eliminar