segunda-feira, 4 de novembro de 2019

DIETA: Dia 21 - Semana 3 - Eu engordei!?

Boa tarde, mais uma semana se inicia. Dessa vez temos uma pequena correção a fazer. Mas antes, segue o link dos posts passados:

A minha dieta se iniciou a partir deste post AQUI.

As atualizações da semana 0 estão disponíveis AQUI.
As atualizações da semana 1 estão disponíveis AQUI.
As atualizações da semana 2 estão disponíveis AQUI.

Eu alterei a numeração de semanas pois, sempre relato aqui a semana que se passou e portanto a minha numeração estava indevida. Semana passada foi a semana 2 e dessa vez, a 3.

Com relação ao andamento da dieta, podemos dizer que estou começando a ficar adaptado a dieta, estômago começando a ficar mais controlado, sentindo menos fome.

Mas eu realmente engordei? Com certeza não! Isso provavelmente se deve ao fato de que eu tomei um shake ontem praticamente antes de dormir além de ter tomado algo em torno de 1,5l de água logo após. O meu corpo provavelmente não eliminou todos os líquidos. Também ando comendo bastante sal o auxilia na retenção de líquidos. Estou me sentindo muito bem e no espelho me sinto menos inchado que na semana passada, então não tenho motivos para me preocupar. 

EU AMO A DIETA FLEXÍVEL!

Curiosamente como amo comer, também costumo largar a dieta de lado. Porém como estou planejando metas e agora compartilho tudo com vocês, acredito que vou me sentindo mais do que na obrigação de manter o bom desempenho. No início de 2020 serão atribuídas metas e uma delas será o controle da Dieta Flexível por um ano inteiro, algo que nunca consegui fazer.

Com relação a evolução da dieta, seguem as três figuras de praste que demonstram o meu desempenho:

Figura 1 - atualização da semana.
 

Figura 2 - perda de peso semanal.
 


Figura 3 - prova real peso perdido na balança.  
 

 
 Essa semana eu terminei de "matar" o pote de sorvete zero lactose de abacaxi do eskimó e estou pensando em comprar outro hoje ainda. Como ainda estou em adaptação vou me dando esses luxos pois a tendência é que nos meados do segundo mês e o terceiro sejam mais rigorosos de forma que eu consiga trincar ao máximo.

No sábado, Eu, a patroa e os amigos fomos em uma burgueria diferenciada. Nunca tinha visto opções parecidas como a daquele lugar. O clima foi bem agradável, boas risadas, eu guardei calorias para comer algo gostoso junto com eles mas na hora eu fiquei sem vontade. Então eu tomei uma coca zero e também uma heineken, fiquei satisfeito. Se fosse em outro momento, eu teria destruído tudo e não resistiria as gostosuras.

Figura 4 - Heineken Extremamente Saborosamente Gelada.
 
 
Qual é a minha dieta base?

No assunto educativo de hoje, gostaria de demonstrar um pouco mais sobre a minha dieta, especificamente o que eu como.

Eu sou totalmente favorável a padronização das minhas refeições, de modo que fique mais fácil de controlar, consiga reduzir custos e tempo de preparo também. Eu vou me adaptando conforme sinto vontade.

Então o que posso dizer é que hoje minha dieta tem como base algumas refeições, que são:

5 a 6 refeições.

06h - Omelete com 3 ovos;
09h - Shake com albumina e leite;
12h - Almoço com batata, frango, requeijão light e brócolis;
18h - Janta com batata, frango, requeijão light e brócolis;
21h - Barra de proteína caseira 

Figura 5 - prato base da minha rotina
 
Nem todos os dias eu sigo exatamente o que está aí, até mesmo porque nas quantidades que eu coloco obtenho um resultado final de 1800 calorias aproximadamente. E aí dependendo da minha fome ou eu vou inserindo mais coisas nessas refeições ou então faço uma sexta refeição de sobremesa ou ceia. Venho tentando não ultrapassar as 2100 calorias.

Neste dia da foto abaixo por exemplo, tinha um arroz e feijão em casa, havia pulado o omelete de manhã então o que fiz foi juntar tudo. Sempre pesando obviamente e calculando as calorias. Só de comida tinha mais ou menos 0,5kg o que me deixa bem satisfeito.

Figura 6 - prato alternativo contendo arroz, feijão e omelete de frango.
 
 

Com a figura a seguir, reparem que nada é extremamente exato. Como sempre digo, quanto mais perfeito você tentar ser, mais fácil será de chegar no pote de ouro, sem contar a adaptação de cada corpo e tudo mais. Isso é o que funciona comigo. Vamos ver a imagem do MFP.

Figura 7 - Um dia base do meu controle no MyFitnessPal
 

Confesso que no início é bem chato de começar a usar o MFP. Depois que você pega o jeito nem percebe mais que está usando. Não deixem de tentar!

E por fim não esqueçam de se hidratar, não vale a pena deixar de beber água somente pro peso na balança cair. Aguarde e tome como base o espelho, veja o que ele está te dizendo e siga os procedimentos rotineiros que vai dar tudo certo!

2 comentários:

  1. gostei da dieta base
    trocaria o leite por whey + água
    trocaria o requeijão por cottage ou eliminaria de vez
    pensaria em aipim, batata doce ou inhame no lugar da batata inglesa

    "Barra de proteína caseira" tem receita no seu blog?

    abs


    ResponderEliminar
  2. Fala scant, tudo bem?

    Então, quanto ao leite não tenho problema nenhum contra ele então entrando nos meus macros tá tudo bem.
    Cottage costuma ser mais caro por isso opto por requeijão light
    Aos poucos eu vou tirar a batata inglesa e botar a doce pois tem mais fibras e nutrientes.

    Eu prefiro encaixar os macros e ir me adaptando e conforme vai passando o tempo vou introduzindo as comidas "menos" gostosas digamos assim. Mas sempre respeitando os macros.

    Dediquei um blog para as receitas:

    https://fitflexivel.blogspot.com/2019/11/barra-de-proteina-caseira.html

    ResponderEliminar